quarta-feira, 27 de maio de 2009

Kathleen Hanna saved my life


“As histórias de Sylvia Path são contadas à meninas que escrevem. Quem mesmo me disse que todas as meninas poetas tem que suicidar? Eu tenho uma outra (piada) boa para você: estamos transformando letra de mão em facas!”

Bikini Kill - Bloody Ice Cream

p.s.: Sylvia Path foi uma importante poeta estadunidense. Nunca li nada da obra dela, mas sei que se matou num forno de gás (por pouco não matou os filhos também). No cinema, foi interpretada por Gwyneth Paltrow no filme Sylvia - Paixão além das palavras de 2003.

5 comentários:

Túlio Moreira Rocha disse...

Cerro os olhos e cai morto o mundo inteiro.

Imaginei que voltarias como prometeste
Envelheço, porém, e esqueço-me do teu nome.
(Acho que te criei no interior de minha mente)
Plath é ótima! poesia é suicídio e vice-versa!

Túlio Moreira Rocha disse...

meu comentário ficou parecendo de um cara suicida, mas nao foi essa a intenção, xD

Péricles Carvalho disse...

já ouvi falar desse filme, e confesso, que percebo mesmo que os desejos de morte rondam as almas dos poetas...

até vinicius de moraes escreveu sobre morte!?!

talvez isso seja covardia (será?!) nao sei ao certo. eu que vim da cidade do suicídio (mineiros tem altissimos índices), sou levado a pensar nessa temática a cada vez que ligo em casa e sei de uma história...

talvez Sylvia foi uma atormentada a ponto de não ter outra saída - gosto de pensar assim, pois é a unica maneira de ao menos tornar plausível o suicídio... qro ler mais sobre ela! xD

Nanda disse...

anem... até hj não atualizou?

Thais disse...

Eu, uma leitora vergonhosa que nunca comenta, te dei um selo de presente, e exiiiiijo ver a resposta!!! :D

E, Péricles, dizem que o suicídio é uma maneira de dar fim ao sofrimento insuportável.. Não acabar com a vida, mas com a dor!