sábado, 16 de maio de 2009

Caminhando rumo a um sonho

Walking on a dream – Empire of The Sun

Para quem curte literatura estrangeira, Império do Sol é um romance do escritor britânico J.G. Ballard. Há quem se lembre mais do formato cinematográfico de Empire of The Sun. O filme baseado foi no livro de Ballard e dirigido por Steven Spielberg em 1987. "Talking to myself, will I see again”. Nas obras, o garoto Jim Graham (sim, é a parte abreviada do nome de Ballard) é o protagonista da história que se passa na China do período da Segunda Guerra Mundial.

Já eu, reverencio o império musical de Luke Steele e Nick Littlemore. Apesar da origem australiana do Empire of The Sun, fui apresentada à banda com ares bem chineses. É que o clipe da música mais conhecida, Walking on a dream, se passa em Hong Kong. E que show de clipe! “How can I explain?” Com cenário místico é completado pelo tom da melodia inicial e o vocalista Luke me fez acreditar que acabo de pisar num lugar onde reina a magia.

As ótimas filmagens e figurino dos artistas realmente são um sonho. Mas de nada valeria sem o pulso electro-triste. Guardada as devidas proporções, eu senti algo parecido com quando vi pela primeira vez o vídeo de Enjoy the Silence, do Depeche Mode. “We are always running for the thrill of it.” No mínimo, é equivalente há algum sucesso do início das décadas de 80 e 90 (conheço pessoas que confundiram).

Como se já não bastasse esse clima, as frases de impacto te convidam a cada vez mais mergulhar no império confuso e belo da dupla. Is it real now? When two people become one”. Realmente, por Walking on a Dream por si só honra o nome do Empire of The Sun. Mas esse é apenas o amanhecer.

p.s.: trechos em itálico foram retirados da letra de Walking on a Dream.


4 comentários:

mari disse...

Continue assim, colega. Orgulhando seus amigos com textos legais! E seu bom-gosto musical (isso não vale pra Laura Pausini)

Péricles Carvalho disse...

Marcela e seu bom gosto musical... vou ver o vídeo e depois julgar direitinho, hehe...


to numa vibe mais samba carioca, saka? Oo


HEHE


reflexos do Rio? ...talvez!

Anônimo disse...

hahah, o pessoal não tá gostando do teu gosto para musicas italianas ._. vou ter que te apresentar uns melhores. dica. bjbj gio

otto.crisper disse...

Carambaa, muito bom seu texto! Também estou apaixonado caminhando no sonho do Empire of the Sun! hehe NÃo sabia que tinha inspiração em um filme. Já vou procurar. Meus parabéns pelo texto!