segunda-feira, 24 de novembro de 2008

retratos nos guardanapos


Nada de cantadas, cervejas e cigarros... O negócio agora é ir para Pastelaria 84 trocar músicas e versinhos em papéis de guardanapo. 

Aqui está uma amostra do que achei na minha bolsinha no dia seguinte:


“But I’m your friend

And this is forever

Don’t matter what happened                    

You is my best friend

And I love you anyway.”


“Stick your hand

Inside of my pocket

Tell me your love don’t

Is chance me

I know I know I know”

 

“Quando a gente conversa

Trocando casos, besteiras

Tanta coisa incomum…

Deixando escapar segredos

E eu nem sei em que horas dizer

Me dá um medo                                    

Que medo?                  

É que eu preciso dizer que eu te amo

Te ganhar ou perder sem engano

É, eu preciso dizer que te amo…tanto.”


“Falam da terceira pessoa como se fosse a primeira de todas.”

“Ao esperto e ao otário, o amor na prática é sempre o contrário.” 



p.s.: o último não estava na minha bolsinha, mas admirei quando ouvi! 

E das letras, a minha é a mais bonita. Sem dúvidas...

5 comentários:

Péricles Carvalho disse...

adorei

- PENA NAO TER PARTICIPADO DESTE MOMENTO UNICO DE SOCIABILIZAÇÃO E CONFRATERNIZAÇÃO NA PASTELARIA!


MAS ASSIM: QUERO EXTERNAR QUE DA PRÓXIM VEZ EU QUERO PARTICIPAR, OKAY?


obs: o restoeu digo no bilhete de guardanapo que eu qro muito ver estampado no blog;)

- ese post me lembrou uma graande amiga, hehe - sempre fazemos isso em bares! 0//

MarceLa Guimarães. disse...

me aguarde, vc verá...

Lílian disse...

Uai, tem um recado no meu blog dizendo que eu fui linkada pra esse post! =)

Muito legal esse momento de vocês.

túlio. disse...

taí uma verdade, nem lembro de ter escrito nada de nada, hahaha

Juliana Marton disse...

achei lindo. tudo isso. :]