domingo, 12 de outubro de 2008

Dominatrix através dos séculos


Uma viagem ao meu passado. Trilha sonora: Dominatrix.

Cena 1 – Garota Rebelde:

“Eu costumava dizer que eu era tola / Eu não podia fazer as coisas que ele podia. / Mas escute bem garoto, / Eu não preciso de nada de você! / Não compre uma revista que diz que você tem que usar maquiagem / Não compre uma revista que diz que você tem que emagrecer.

[…] Não aprendi nada hoje, não quero ir pra escola / Eu posso aprender com as notícias / Eu posso aprender lendo um livro.” No Make up Tips

Cena 2 – Vamos agir Grrrls!

 “Seu burro, seu idiota, que anti-social o quê! / Anti-social é uma mulher tentando andar numa rua escura à noite / Que tipo de vida é essa que eu tenho que ficar 24 horas por dia alerta igual a um cão-de-guarda?! / De quem são os olhos que te vigiam? / De quem é a mão que te ataca?” Die Die

“Eu sei o quanto é difícil se fortalecer (afinal é tão sexista) […] Já é sabido que o mundo tem medo de garotas espertas (se fortaleça nisso)…” Flat Earth

Cena 3 – First Love:

 “O amor de verdade / Não está nos livros / Talvez nas notas de rodapé que ninguém lê. / Seis em seis, eu amei para ser amada e esta é uma maneira errada de não ficar só. / E se eu escolho acreditar / Porque minha natureza assim diz. / Então, escolho por acreditar que nossas vidas se tornaram uma.” Pagan Love

Cena 4 – hohoho:

“E se eu saio a noite pra zoar, luxúria versus culpa: primeiro round!

[…] Eu sabia desde a hora que você tentou trepar comigo. / Ei, qual o placar? Eles dizem que a luxúria venceu!” Love Free

Cena 5 – atual e ainda sem final:

 “O conhecimento é uma entidade / Que em algum momento baterá em sua porta / Para te dizer como é confortável não procurar por ele. / Um espectador, sim, é você. / Um gravador, sim, é você. / Sentado em seu sofá esperando as coisas chegarem até você.” Knowledge

“Mas, nós sabemos a verdade.” Fato e Ficção

“A violência se faz, / A indiferença se faz, / A intolerância se faz sem testemunha. / Dentro de casa, na frente das escolas / Dentro de casamento e nas delegacias. / Não faz mal pensar que não se está só.” Filhas, mães e irmãs

“Ser chamada de separatista enquanto luta pelos direitos das mulheres?! Ah é, e a Terra é quadrada.” Flat Earth

“Quem poderá me dizer se isso é realmente o que ela quer, o que ela quer pra sua vida?” Jack Queen

“Por que esconder meu caos, se eu posso ir para o inferno com classe?” Broken Glass Candy

 

p.s.1: Sim, elas são foda e existem coisas mais fortes do que as fases da vida.

p.s.2: Foto do primeiro, único e melhor show do Dominatrix que pude ver (Goiânia, 2006).


Ouça aqui:

http://br.youtube.com/watch?v=8N5xgZtlDBs

3 comentários:

Cindy disse...

Dominatrix é tuudo na vida!

acho que as cenas tmb servem pra falar sobre minha vida hahahaa

and riot grrrl will never die
(como elas já dizem...)

o/
revolution girl style now

Péricles Carvalho disse...

0//

vc comentou no meu blog! huhu!!!
entao, gostei pakas do post do renato russo! achei massa colocar o perfil dele e depois o seu!! good work!


bjo

Stephanie disse...

Banda bemm bacana!