segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Última Coca-Cola do deserto na terra da Rainha

Oasis - Dig Out Your Soul (2008)

Nem adolescente eu era quando aprendi a cantarolar alguma coisa do Oasis. Claro que era o sucesso Wonderwall. De lá pra cá, mais nada da banda me chamou atenção. Inclusive, fui recriminada uma vez por gritar: “-Ah, tira o CD dessa banda chata que só faz música igual”. Detalhe, na ocasião só tocava Oasis devido a “ilustríssima” presença de dois caras do Cachorro Grande na festa. Um dos defensores do Oasis nesse dia (nem sei se ele lembra disso) me enviou uma das músicas do disco mais recente do grupo. O que eu poderia responder no MSN? –Bem, eu gostei. E fui sincera.

The Shock of the Lightning era a música. E não teria como eu não gostar. Esta, a faixa 4 do álbum, começa de cara com a marcação forte da bateria e os riffs de guitarra completam o peso necessário e nos tragam mesmo para dentro do som. O vocal de Liam Gallagher também grudou no meu ouvido, um pouco graças ao repetido verso “Come in, come out, come in, come out tonight”. Com direito a paradinha de bateria, bons chutes no bumbo e altas viradas legais (saudações para o baterista Chris Sharrock e suas baquetas), The Shock of the Lightning é de longe a melhor do disco Dig Out Your Soul.

No conjunto, o Oasis de 2008 parece ter bebido um pouco na fonte da sua própria década de origem. Dos anos 90, trouxeram algo da sujeira grunge para as guitarras nas primeiras faixas do disco. Aliás, até The Schock…eu  mantinha a opinião que, salvo os sucessos, a banda só compunha músicas parecidas umas com as outras. Sim, as características descritas se repetiram por todo o álbum, mas vi que o Oasis trouxe também baladinhas legais, como I'm Outta Time, e outras que soam melancólicas…como Falling Down. Por fim, cavalgamos um pouco ao som de The Nature of Reality: cadência equina com direito a solo de guitarra e tudo. Agora, a última faixa…Soldier On…indie convencional, meio água com sal.

 

p.s.1 : finalmente cumpri minha promessa. Este texto é dedicado ao Evaldo – o fã incontestável e persistente do Oasis. Se mudei minha opinião sobre a banda? Ainda não me convenceram totalmente, percebe-se.

p.s.2: Baixe Dig Out Your Soul (link testado) e, se quiser, me conte o que achou. Ou, conte ao Evaldo.

3 comentários:

Evaldo disse...

Quem disse que eu queria mudar sua opinião sobre a banda? só queria ver seu texto sobre o cd
rsrsrsrsrsrsrsrs
e demorou, MUITO, mas saiu.
PS: eu defendia o cd, não o Cachorro.

Túlio Moreira disse...

putz, Oasis fez o melhor disco da década de 90 e um dos melhores de todos os tempos - What's the story Morning Glory, e com certeza Dig Out Your Soul é um dos grandes trabalhos da banda... curti demais, um dos melhores lançamentos do ano passado!!!

bjoo!

Péricles Carvalho disse...

Oasis já embalou muitos dos meus dias interioranos... ah, eu grudo em uma banda e demoro muito me desvencilhar dela! eu acredito piamente q minha vida tem sim trilha sonora. Agora mesmo é 'little joy', ontem foi killers, há alguns anos atrás foi algum outro 'mix' de cançoes... Heathen chemistry fez parte da minha vida, e "Stop Crying Your Heart Out" foi o hino maior!

era um período bacana que depois foi levemente romantico cm 'efeito borboleta', e me fez pensar sobre a influencia que podemos ter na vida das pessoas! Muito bacana!